terça-feira, 19 de maio de 2009

O PAI E SEUS DEVERES CONSTITUÍDOS

EFÉSIOS 5: 22 33
TESTEMUNHO


O homem como cabeça da casa precisa ter um bom testemunho, firmeza, equilíbrio e um bom relacionamento com a família.

Deus estabeleceu a família como a unidade básica da sociedade.

Toda organização necessita de um dirigente, a família, o estado, o município, a escola e a sociedade em geral, para que as pessoas vivam em harmonia.

E assim Deus atribuiu ao homem a responsabilidade de ser cabeça da esposa e também dos filhos, como diz as Escrituras no verso 23 e no capítulo 6, verso 4 do texto em questão. “Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da Igreja: sendo Ele próprio o salvador do corpo”. (capitulo 6:4) “E vós, pais, não provoqueis a ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor”.

 
SUA LIDERANÇA DEVE SER EXERCIDA COM AMOR,
MANSIDÃO E CONSIDERAÇÂO PELA ESPOSA E FILHOS.

A) provisão para as necessidades espirituais e domésticas (v 23b) “sendo ele mesmo o provedor do corpo”.

(Gênesis 3:16) “E à mulher disse: multiplicarei grandemente a tua dor, e a tua conceição; com dor terás filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará”. Na Bíblia Linguagem de Hoje, foi traduzido este versículo da seguinte forma: “Vou aumentar o seu sofrimento na gravidez, e com muita dor você dará à luz filhos. Apesar disso, você terá desejo de estar com o seu marido, e ele a dominará”.

(I Timóteo 5:8) “Porém, se alguém não cuida dos seus parentes, especialmente dos da sua própria família, essa pessoa negou a fé e é pior do que um incrédulo”.

B) O marido e pai têm o dever de dar amor, segurança e o bem-estar da família (Efésios 5: 25-33) “Maridos, amem as suas mulheres, assim como Cristo amou a Igreja e deu a sua vida por ela. Ele fez isso para dedicar a sua Igreja a Deus, lavando-a com água e purificando-a com a sua palavra. E fez isso para também poder apresentar a si mesmo a sua Igreja em toda beleza, perfeita, sem rugas ou qualquer defeito. O homem deve amar a sua mulher assim como ama o seu próprio corpo. O homem que ama a sua esposa ama a si mesmo. Porque ninguém nunca odiou o seu próprio corpo; ao contrario, alimenta-o e toma conta dele, como Cristo faz com a igreja, pois somos membros do seu corpo. Como dizem as Escrituras Sagradas: É por isso que o homem deixa o seu pai e a sua mãe para se unir com a sua mulher, e os dois se torna uma só pessoa. Há uma grande verdade revelada nessa parte da Escritura, e eu digo que ela se aplica a Cristo e à Igreja. Mas também se aplica a vocês: cada marido deve amar a sua esposa como a si mesmo, e cada esposa deve respeitar o seu marido”.

C) Honrar, compreender, e considerar a esposa (Colossenses 3: 19; I Pedro 3:7). “Maridos amem as suas mulheres e não sejam grosseiros com elas”. “Também vocês, maridos, na vida em comum com as suas esposas, reconheçam que elas são o sexo mais fraco e que por isso devem ser tratadas com respeito. Porque elas também vão receber a mesma vida que Deus dá a vocês. Façam isso para que nada atrapalhe as orações de vocês”.

D) Lealdade e fidelidade na vivência conjugal. (Mateus 5: 27) “Vocês sabem o que foi dito: Não cometa adultério. Mas eu lhes digo: Quem olhar para uma mulher e desejar possuí-la já adulterou no seu coração”. (Efésios 5: 31) “É por isso que o homem deixa o seu pai e a sua mãe para se unir com a sua mulher, e os dois se tornam uma só pessoa”. O verbo unir é infinitivo pessoal e significam unidos em corpo e alma. E serão uma só carne (Marcos 10:7; Mateus 19:5).

 
DEIXAR A LIDERANÇA QUE ANTES ERA DE SEU PAI,
PARA ASSUMÍ-LA PESSOALMENTE,
SURGINDO DAÍ UM NOVO LÍDER.

É nosso dever repassar à nossa família aquilo que aprendemos de bom com nossos pais.
Gênesis 18: 17-19) “E disse o Senhor: Não vou esconder de Abraão o que pretendo fazer. Os seus descendentes se tornarão uma nação grande e poderosa, e por meio dele todas as nações da terra serão abençoadas. Eu o escolhi para que ele mande que os seus filhos e os seus descendentes obedeçam aos meus ensinamentos e façam o que é correto e justo. Se eles obedecerem, farei por Abraão tudo o que prometi”.

(Deuteronômio 4:9) “Tãosomente guarda-te a ti mesmo, e guarda bem a tua alma, que te no esqueças daquelas coisas que os teus olhos têm visto, e se não apartem do teu coração todos os dias da tua vida: e as farás saber a teus filhos, e aos filhos de teus filhos”:

(Deuteronômio 6:6-7) “E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; E as ensinarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te”.

VIVER EM PROL DA FAMÍLIA

O patriarca Jó foi um grande exemplo de pai: Orava pelos filhos enquanto eles estavam nas festas.

O mundo moderno vive em dois extremos: Alguns pais espancam os filhos quando chegam tarde a casa, outros ignoram o que eles fazem.
Mas o nosso patriarca orava pelos seus filhos enquanto eles festejavam

(Jó 1:5) “Sucedeu, pois que, tendo decorrido o turno de dias de seus banquetes, enviava Jó, e os santificava, e se levantava de madrugada, e oferecia holocausto segundo o número de todos eles; porque dizia Jó: Porventura pecaram meus filhos, e blasfemaram de Deus no seu coração. Assim o fazia Jó continuamente”.

Se assim fizermos, certamente teremos filhos que busquem a Deus e saibam se comportar como cidadãos.

(Salmos 78:5-7) “Porque ele estabeleceu um testemunho em Jacó, e pôs uma lei em Israel, e ordenou aos nossos pais que as fizessem conhecer a seus filhos; para que a geração vindoura a soubesse; os filhos que nascessem se levantassem e a contassem a seus filhos; para que pusessem em Deus a sua esperança, e se não se esquecessem das obras de Deus, mas guardassem os seus mandamentos”.

CONCLUSÃO.

E por último cabe aos pais a tarefa de educá-los e respeitá-los conforme nos ensinam as escrituras.
(Provérbios 19: 18) “Corrija os seus filhos enquanto eles têm idade para aprender; mas não o mate de pancadas”.
(Provérbios 13: 24) “Quem não castiga o filho não o ama. Quem ama o filho castiga-o enquanto é tempo”.
(Provérbios 23: 13) “Não deixe de corrigir a criança. Umas palmadas não a matarão. Para dizer a verdade, poderão até livrá-la da morte”. (BLH).
(Provérbios 29: 15) “É bom corrigir e disciplinar a criança. Quando todas as suas vontades são feitas, ela acaba fazendo a sua mãe passar vergonha”. (BLH).
(Provérbios 19: 13) “Um filho sem juízo pode levar o pai à desgraça. Uma esposa que vive resmungando é como água que pinga sem parar”.
(Aos Colossenses 3: 21) Vós, pais, não irriteis a vossos filhos, para que não percam o ânimo”.
Jônatas Martins Lopes - Pastor


Nenhum comentário: